domingo, 17 de junho de 2012

QUASE UM CONTO DE FADAS




Belo cerimonial
Elegãncia
Fineza
Só alegria

Acordes musicais impregnavam o ar
Animação e expectativa
Hora em que o violinista foi descendo e tocando
Na verdade tocando com elegância,classe e competência
As lágrimas teimosas escorreram quentes por minha face
Eles tinham chegado para selar o compromisso
Minha amiga Bárbara e o amoroso e querido Guilherme
Jovenzinhos que eu tanto amo,com grande carinho
E até mais que isso.

Novo instrumento musical
Mais acordes
Entram um a um os padrinhos
Pais,noivos
Um m undo de sonhos,de felicidade magia
Quase um conto de fadas
Pra não se esquecer nenhum dia

Teve também,pajem e daminha
E não poderia faltar o lado espiritual
Todos eram só sorrisos
E alegria reinava geral

Peço a Deus que com sua graça
Abençõe este lindo casal
Peço também que reciprocamente
se respeitem  em todos os momentos
Quer sejam bons ou sejam máus

Quero deixar registrado
Em forma de poesia
Para que vocês meus amigos
Possam guardar algo mais 
Para acrescer  ao momento
Um tiquinho de alegria
Meu reconhecimento e do Eros
Que no álbum de suas recordações
Com grande honra,vimo-nos presentes
Nesse feliz e inesquecível dia.
mariinha 16/06/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário